Foto do Dia

WP_20150216_001

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Criação de rainhas – A antecipação da Primavera

Neste artigo vou relatar o meu método, ainda que artesanal, para a criação de rainhas. Conforme li em alguns blogues e constatei com a minha própria observação, este ano as nossas amigas abelhas estão muito adiantadas, os enxames estão fortes, com muita criação e possuem boas reservas de alimento. No meu apiário, ao invés do que sucedeu no ano anterior, os ninhos ficaram repletos de criação e de alimento muito cedo, por volta de inícios de dezembro. À data, 10 de janeiro, já tenho algumas colmeias com duas alças.
No início de dezembro reparei que já existiam muitos zangões nas colmeias, nascidos ou prestes a nascer. Utilizando apenas os conhecimentos adquiridos em blogues da área, decidi iniciar a criação de rainhas, pela primeira vez. O meu método é ainda muito artesanal devido ao equipamento de que disponho bem como ao número de enxames que possuo, é à escala do meu apiário, pois como referi sou um iniciado e tenho a apicultura apenas como hobby de fins de semana, e não em todos.
Voltando à criação de rainhas, o ano passado adquiri uma colmeia com 15 quadros, uma criadeira, que utilizo para criação de abelhas a fim de reforçar enxames mais fracos e também para fazer alguns enxames novos, utilizando o método de multiplicação tradicional.
No início do passado dezembro, a criadeira estava com 13 quadros, criação nos diferentes estados e com bastantes reservas, quer de mel, quer de pólen, e a pedir que se fizessem as primeiras experiências. Assim, a 6 de dezembro, decidi tentar criar a primeira rainha utilizando, para o efeito, um mini núcleo com dois copos de abelhas retiradas da criadeira. Estas abelhas ficaram órfãs durante 24 horas. No dia seguinte, a um dos quadros da criadeira, fiz um recorte, tendo a preocupação de escolher um que tivesse ovos do dia, e coloquei esse recorte num pequeno quadro no mini núcleo.
No dia 23 de dezembro fui verificar o mini núcleo e, para meu espanto, uma linda rainha tinha nascido. Importa ainda salientar, que o pequeno “punhado” de abelhas puxou vários mestreiros.
No dia 31 de dezembro fiz um núcleo com 3 quadros de abelhas e reservas, retirados da criadeira, e no dia 2 de janeiro, passadas 48 horas, capturei a rainha, já fecundada mas ainda sem postura, coloquei-a numa gaiola e introduzi-a no núcleo. No mesmo dia, repeti o processo atrás referido e hoje, 10 de janeiro, já estão operculados 2 lindos mestreiros que me permitirão fazer mais um enxame lá para finais de janeiro.

Publicado em Sem categoria | 5 Comentários

O novo inimigo das abelhas…

vespavelutina

Não é a melhor forma de se iniciar um blog de apicultura mas, aquilo que parece ser um arranjo de flores, é um ninho de Vespas Asiáticas encontrado na Reboriça, Ribeira de Pena. Com a ajuda de um apicultor local, este ninho foi retirado pelos Bombeiros de Ribeira de Pena. (Imagem publicada no facebook por Tozé Martins)

O meu apiário situa-se na freguesia de Barqueiros, concelho de Barcelos, e num raio de 5 km, só este ano foram destruídos 30 ninhos de vespas asiáticas.

Este não é um problema do Minho mas um problema NACIONAL!

Image | Publicado em por | 4 Comentários